ANÁLISE HISTÓRICA DO TRATAMENTO OFERECIDO PELOS LIVROS DIDATICOS DE LÍNGUA PORTUGUESA AO TRABALHO COM A PRODUÇÃO DE TEXTO

Autores

  • Elaine Cristina Nascimento da Silva Professora da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) - Unidade Acadêmica de Garanhuns
  • Juliana Alves da Silva Graduada em Licenciatura em Letras pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) - Unidade Acadêmica de Serra Talhada.

DOI:

https://doi.org/10.33148/CES2595-4091v.34n.220191789

Palavras-chave:

educação e aprendizagem

Resumo

Buscamos investigar o tratamento oferecido pelos livros didáticos de língua portuguesa ao trabalho com a produção de texto nos últimos 25 anos. O corpus da pesquisa foi composto por quatro livros do 8° ano dos seguintes anos: 1980; 1994; 2006; 2015. As análises mostraram que o ensino da produção de texto nos livros didáticos mudou bastante com o passar do tempo. As produções textuais do livro de 1980 eram compostas apenas por sugestões de temas, não disponibilizando quaisquer orientações ao aluno. Já no livro de 1994, percebemos que a escrita com base nos gêneros textuais aparece, mas estes não são explorados. Da mesma forma, os alunos continuam solitários na tarefa de escrever textos. Por fim, nos livros de 2006 e 2015 percebemos um grande salto: eles não só apresentam produções voltadas aos gêneros textuais, como também se preocupam em trabalhar suas características, explicitar suas condições de produção e orientar durante todo o processo de escrita. Todavia, as propostas se configuram como essencialmente escolares, na medida em que os alunos interagem apenas com membros da comunidade escolar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Elaine Cristina Nascimento da Silva, Professora da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) - Unidade Acadêmica de Garanhuns

Professora da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) - Unidade Acadêmica de Garanhuns do Curso de Pedagogia, da áre de Prática de Ensino em Língua Portuguesa.

Juliana Alves da Silva, Graduada em Licenciatura em Letras pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) - Unidade Acadêmica de Serra Talhada.

Graduada em Licenciatura em Letras pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) - Unidade Acadêmica de Serra Talhada; Professora de Língua Portuguesa.

Referências

ANTUNES, Irandé. Aula de português: encontro de interação. São Paulo: Parábola, 2003.

BRASIL. Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNs). Língua Portuguesa. Ensino Fundamental. Terceiro e quarto ciclos. Brasília: MEC-SEF, 1997.

BUNZEN, Clécio. O tratamento da diversidade textual nos livros didáticos de português: como fica a questão dos gêneros. In: SANTOS, Carmi Ferraz; MENDONÇA, Márcia; CAVALCANTE, Marianne (Orgs). Diversidade Textual: os gêneros textuais na sala de aula. Belo Horizonte: Autêntica, 2006a. p. 43-58.

____. Da Era da Composição à Era dos Gêneros: o ensino da produção de texto no Ensino Médio. In: BUNZEN, Clecio; MENDONÇA, Márcia (Orgs.). Português no Ensino Médio e Formação do Professor. São Paulo: Parábola, 2006b. p. 139-161.

DOLZ, Joaquim; SCHNEUWLY, Bernard. Os gêneros escolares: das práticas de linguagem aos objetos de ensino. In: ROJO, Roxane; CORDEIRO, Gladys (Trad. e Org.). Gêneros orais e escritos na escola. Campinas/SP: Mercado de Letras, 2004. p. 71-94.

LEAL, Telma Ferraz; MELO, Kátia Leal Reis de. Produção de textos: introdução ao tema. In: LEAL, Telma Ferraz; BRANDÃO, Ana Carolina Perrusi (Orgs). Produção de textos na escola: reflexões e práticas no ensino fundamental. Belo Horizonte: Autêntica, 2006. p. 11-28.

MARCUSCHI, Beth; CAVALCANTE, Marianne. Atividades de escrita em livros didáticos de língua portuguesa: perspectivas convergentes e divergentes. In: COSTA VAL, Maria da Graça; MARCUSCHI, Beth (Orgs). O Livro didático de Língua Portuguesa: Letramento e Cidadania. Belo Horizonte: Autêntica, 2008. p. 237-260.

MARCUSCHI, Luís Antônio. A produção textual, análises de gêneros e compreensão. 3. ed. São Paulo: Parábola, 2008.

PERNAMBUCO. Secretaria de Educação. Base Curricular Comum para as Redes Públicas de Ensino de Pernambuco: língua portuguesa/ Secretaria de Educação – Recife: SE. 2008.

SANTOS, Carmi Ferraz. O ensino da língua escrita na escola: dos textos aos gêneros textuais. In: SANTOS, Carmi Ferraz; MENDONÇA, Márcia; CAVALCANTE, Marianne (Orgs). Diversidade Textual: os gêneros textuais na sala de aula. Belo Horizonte: Autêntica, 2006. p. 11-26.

SILVA, Alexsandro da; MELO, Kátia Leal Reis de. Produção de textos: uma atividade social e cognitiva. In: LEAL, Telma; BRANDÃO, Ana Carolina Perrusi (Orgs). Produção de textos na escola: reflexões e práticas no ensino fundamental. Belo Horizonte: Autêntica, 2006. p 81-98.

TRIVIÑOS, Augusto. Introdução à pesquisa em ciências sociais: a pesquisa qualitativa em educação. São Paulo: Atlas, 1987.

Downloads

Publicado

2019-07-02

Como Citar

Silva, E. C. N. da, & Silva, J. A. da. (2019). ANÁLISE HISTÓRICA DO TRATAMENTO OFERECIDO PELOS LIVROS DIDATICOS DE LÍNGUA PORTUGUESA AO TRABALHO COM A PRODUÇÃO DE TEXTO. Cadernos De Estudos Sociais, 34(2). https://doi.org/10.33148/CES2595-4091v.34n.220191789

Edição

Seção

Dossiê: EPEPE- Diálogos entre saberes: rupturas epistemológicas na pesquisa em Educação