Order and Progress: A Brazilian Peace Corps Saga

  • Charles Fortin Fortin & Associates
  • Jack Epstein

Resumo

Como voluntários do Programa Corpo de Paz, Jack Epstein e Chuck Fortin chegaram a Bahia, Brasil, há apenas quatro meses do endurecimento de medidas repressivas estabelecidas pelo Ato Institucional, AI-5, pelo regime militar em 1968. Em suas respectivas favelas, eles trabalhavam sob a vigilância das autoridades policiais locais, que inibiam iniciativas de organização comunitária, e listavam motivos para justificar a prisão de Jack. Após férias na região amazônica e desinformados acerca da existência de uma busca policial em seu encalço, voltaram a Salvador onde Jack foi imediatamente forçado a sair do país antes que fosse aprisionado, ou coisa pior.  Esta saga conta sobre seu exílio, conflitos e tensas negociações com os dirigentes do Corpo de Paz, e de seu retorno proibido, cruzando a fronteira do Brasil disfarçado para o casamento de Chuck. A narrativa descreve os desafios e os resultados modestos alcançados pelo desenvolvimento comunitário durante o regime militar. Ademais, sob circunstâncias mais favoráveis, ambos retornam ao Brasil, e por anos ainda podem sentir a sua presença.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-12-28
Como Citar
Fortin, C., & Epstein, J. (2020). Order and Progress: A Brazilian Peace Corps Saga. Ciência & Trópico, 44(2). https://doi.org/10.33148/cetropicov44n2(2020)art1
Seção
ARTIGOS