Diversidade sexual e LGBTfobia em estabelecimentos gastronômicos

Autores

  • Luana Bonatto Baptistini
  • Maria Iraê de Souza Corrêa Universidade Federal Rural de Pernambuco
  • Angela Cristina Rocha de Souza Universidade Federal Rural de Pernambuco

DOI:

https://doi.org/10.33148/cetropicov44n2(2020)art11

Resumo

As pessoas que se identificam como LGBTQI+ estão sujeitas a discriminação em todos os âmbitos de convívio social, seja familiar, profissional ou em momentos de lazer. Essa discriminação, justificada pela orientação sexual ou identidade de gênero, é denominada de LGBTfobia. Observamos uma lacuna de pesquisas que relacionem diversidade sexual nas organizações à Gastronomia. Assim, este trabalho teve como objetivo analisar as práticas LGBTfóbicas percebidas pelos profissionais LGBTQI+ com atuação na área de gastronomia na Região Nordeste do Brasil. Para isso, realizamos uma pesquisa exploratória descritiva, com abordagem quantitativa. Os resultados mostraram que as práticas mais comuns são constrangimentos na forma de piadas, chacotas e deboches por parte de colegas e superiores. Embora os percentuais não representem maioria são preocupantes, haja vista que nenhum trabalhador deve ser vítima deste tipo de violência no ambiente organizacional. Como conclusão, ressaltamos o papel dos gestores das organizações para evitar práticas LGBTfóbicas por meio de políticas que fomentem a inclusão e o respeito à diversidade, que de forma clara informe aos participantes da organização o comportamento esperado diante da diversidade de seus integrantes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luana Bonatto Baptistini

Bacharel em Gastronomia pela Universidade Federal Rural de Pernambuco – UFRPE; Exerce atualmente a função de bartender e barista. E-mail: luanabonabapt@gmail.com. Orcid: https://orcid.org/0000-0002-7443-7307.

Maria Iraê de Souza Corrêa, Universidade Federal Rural de Pernambuco

Doutora em Administração pela Universidade Federal de Pernambuco – UFPE; Professora do curso de Administração da Universidade Federal Rural de Pernambuco - UFRPE. E-mail: mariairae.correa@ufrpe.br. Orcid: https://orcid.org/0000-0002-8958-6583.

Angela Cristina Rocha de Souza, Universidade Federal Rural de Pernambuco

Professora associado II da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Doutora e Mestre em Administração pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), e graduada em Engenharia Química pela mesma instituição. Especialista em Administração Financeira pela Faculdade de Administração de Pernambuco/UPE. Atualmente, é pesquisadora dos Grupos de Pesquisa: Laboratório de Estudos Urbanos e Política da Mobilidade - MOBIS - da Universidade Federal de Pernambuco e Administração da Universidade Federal Rural de Pernambuco.

Downloads

Publicado

2020-12-28

Como Citar

Bonatto Baptistini, L., de Souza Corrêa, M. I., & Rocha de Souza, A. C. (2020). Diversidade sexual e LGBTfobia em estabelecimentos gastronômicos. Ciência &Amp; Trópico, 44(2). https://doi.org/10.33148/cetropicov44n2(2020)art11

Edição

Seção

ARTIGOS