VULNERABILIDADE SOCIAL E DESENVOLVIMENTO HUMANO: Análise socioeconômica dos municípios de Pernambuco nos anos 2000

Ana Clara Ramos Simões, Tomás de Faria Balbino

Resumo


A primeira década dos anos 2000 foi marcada por inúmeros avanços sociais no Brasil. Contudo, observa-se que as desigualdades regionais continuaram pertinentes, tanto no país, quanto nas unidades federativas, sendo que as regiões Norte e Nordeste foram as mais beneficiadas por esses avanços. Este trabalho teve como objetivo calcular um Índice de Ausência de Vulnerabilidade Social, sob duas perspectivas diferentes: desenvolvimento humano e vulnerabilidade dos indivíduos para o estado de Pernambuco. A análise dos resultados permite constatar avanços obtidos e como esses avanços são ilustrados nos resultados de cada perspectiva, além de permitir a visualização das mudanças socioeconômicos em termos regionais a partir de mapas temáticos que indicam os resultados dos municípios. Por fim, esse Índice constitui uma forma de priorizar e definir critérios na elaboração de políticas públicas para o estado de Pernambuco.

PALAVRAS-CHAVE: Vulnerabilidade Social. Desenvolvimento Humano. Índice Multidimensional.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.33148/CeTropico-v.43,n.1(2019)_1827

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Incluir comentário

Direitos autorais 2019 Ana Clara Ramos Simões, Tomás de Faria Balbino



Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia