CRESCIMENTO URBANO EM ZONAS COSTEIRAS

ANÁLISE COMPARADA DA PRAIA DA BOA VIAGEM (BRASIL) E DA PRAIA DA ROCHA (PORTUGAL)

Autores

  • Mateus Georgenes Magarotto Departamento de Oceanografia Universidade Federal de Pernambuco. Av. Arquitetura, s/n. Cidade Universitária - CEP: 50740-550, Recife - PE, Brasil
  • Monica Ferreira da Costa Departamento de Oceanografia Universidade Federal de Pernambuco
  • Érika Masanet Departamento de Sociologia e Antropologia Social, Universitat de València

DOI:

https://doi.org/10.33148/CES25954091V36n1(2021)1930

Resumo

As zonas costeiras são áreas de sensibilidade ambiental e sofrem uma constante transformação pela ação humana. Estudos comparados sobre crescimento urbano nas zonas costeiras proporcionam novos paradigmas e análises dos impactos socioambientais. O artigo tem como objetivo realizar uma análise comparada do crescimento urbano, impactos socioeconômicos e ambientais associados ao crescimento urbano na Praia da Boa Viagem, Recife-Brasil e Praia da Rocha, Portimão-Portugal. A metodologia é qualitativa com o recurso as entrevistas semiestruturadas aos informantes-chave (Gestores, Técnicos, Investigadores e Moradores) e análise documental dos planos urbanos e legislação urbanística. Os resultados revelaram o insuficiente planejamento urbano nas áreas costeiras, favorecido pelos interesses imobiliários e turísticos, e conivência do poder político e da população local. Este estudo comparado em dois países é contributo para o desenvolvimento de sinergias em áreas com características semelhantes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Monica Ferreira da Costa, Departamento de Oceanografia Universidade Federal de Pernambuco

Bacharel em Oceanografia UERJ (1988). Mestre em Química Analítica Inorgânica PUC-Rio (1991). PhD em Environmental Sciences University of East Anglia, Norwich-Reino Unido (1997). Desde 1998 Professora do Departamento de Oceanografia da Universidade Federal de Pernambuco. Atua em Oceanografia Química com ênfase em Poluição Marinha. Também trabalha com questões de Gerenciamento Costeiro Integrado que tenham relação com a qualidade da água em ambientes costeiros e marinhos. Algumas áreas de especial interesse são metais e outros elementos na água, sedimentos e biota estuarina e costeira; lixo marinho; toxicologia aquática; poluição de ambientes costeiros por hidrocarbonetos de petróleo e; educação ambiental voltada para áreas costeiras e marinhas, inclusive junto à populações tradicionais. BSc in Oceanography (UERJ, 1988). MPhil in Analytical Chemistry / Marine Chemistry (PUC-Rio, 1991). PhD in Environmnetal Sciences (ENV-UEA Norwich UK, 1997). Full Professor in Chemical Oceanography and Marine Pollution at Federal University of Pernambuco (UFPE). Teaching and research interests are: Chemical Oceanography and Marine Pollution. Also involved in reserach and formation of BSc, MPhil and PhD students in Intergated Coastal Zone Management and water quality; plastic marine debris; chemical contamination of water, sediments and biota at coastal and marine systems; aquatic toxicology; oil/tar pollution on beaches and; environmnetal education in coastal and marine issues, including collaborations with traditional populations.

Érika Masanet, Departamento de Sociologia e Antropologia Social, Universitat de València

Possui graduação em Sociologia pela Universidade de Alicante (2001), Espanha, e doutorado em Sociologia pela Universidade de Alicante (2009). Atualmente é pesquisadora de pós-doutorado no Centro de Investigação e Estudos de Sociologia (CIES) do Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL), Portugal. Temas de pesquisa: imigração brasileira na Espanha, migrações qualificadas, desigualdades em saúde, diversidade e equidade nos cuidados de saúde. Atualmente é Professora Titular Na universidade de Valência, Espanha.

Downloads

Publicado

2021-07-12

Como Citar

Magarotto, M. G., Costa, M. ., & Masanet, Érika. (2021). CRESCIMENTO URBANO EM ZONAS COSTEIRAS: ANÁLISE COMPARADA DA PRAIA DA BOA VIAGEM (BRASIL) E DA PRAIA DA ROCHA (PORTUGAL). Cadernos De Estudos Sociais, 36(1). https://doi.org/10.33148/CES25954091V36n1(2021)1930

Edição

Seção

Artigos - Temas livres (CHAMADA REGULAR)