IMIGRAÇÃO NO BRASIL NA LITERATURA PORTUGUESA DO SÉCULO XIX

Mario Luis Grangeia

Resumo


Imagens da imigração portuguesa no Brasil têm sido difundidas por escritores dos dois países desde o século XIX. Esta comunicação mostra que os significados atribuídos por autores portugueses desse século incluíram a imigração como fuga, escravatura, sorte, exploração, mal necessário e abandono. Mudanças e permanências nesse imaginário são estudadas a partir do mapeamento de obras de Camilo Castelo Branco, Eça de Queiroz, Gomes de Amorim e Ramalho Ortigão e da perspectiva da sociologia cultural. Eles retrataram a vida de imigrantes no Brasil e retornados na terra natal. A pesquisa, que realça sobretudo causas, efeitos e reações à imigração, avançará ainda pelo século XX.


Palavras-chave


Portugueses no Brasil; Literatura portuguesa; Sociologia cultural

Texto completo:

PDF PARA IMPRESSÃO

Referências


ALEXANDER, J. C.; SMITH, P.. Sociología cultural o sociología de la cultura? Hacia un programa fuerte. In: ALEXANDER, J. C. Sociología cultural: formas de clasificación en las sociedades complejas. Barcelona: Anthropos, 2000. p. 31-54.

ALVES, A. Ramalho Ortigão e o culto dos monumentos nacionais no século XIX. 2009. 586f. Tese (Doutorado em História na Especialidade de Arte, Patrimônio e Restauro) -. Instituto de História da Arte, Departamento de História, Falculdade de Letras, Universidade de Lisboa, Lisboa, 2009.

AMORIM, F. G. de. Ódio de raça. Lisboa: Typographia Universal, 1869.

____. Aleijões sociais (e O casamento e a mortalha no ceo se talha). Lisboa: Typographia Universal, 1870.

____. Cantos matutinos.3. ed. Porto;Braga: Livraria Internacional, 1874[1858].

____. As duas fiandeiras: romance de costumes populares. Lisboa: Empreza Horas Romanticas, 1881.

BENFORD, R. D.; SNOW, D. A. “Framing Processes and Social Movements: An Overview and Assessment”. Annual Review of Sociology, v. 16, p. 611 – 639, 2000.

BRAGA, P. J. da C. Paulo e Maria, ou A escravatura branca. Lisboa: Typographia de Leal, 1859.

CARVALHO, J. R. C. da C. O Brasil na vida e na obra de Francisco Gomes de Amorim. 1998. 152f. Dissertação (Mestrado em Estudos Portugueses e Brasileiros) - Universidade do Porto, Porto, 1998.

CASTELO BRANCO, C. A brasileira de Prazins: cenas do Minho. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1995.

_______. Os brilhantes do brasileiro. Rio de Janeiro: Escala, 2006.

FERREE, M. M. et al. Shaping Abortion Discourse: Democracy and the Public Sphere in Germany and the United States. Cambridge: Cambridge University Press, 2002.

FOLHA DE S. PAULO. Imagem de trabalhador vem do dono da padaria. Folha de S. Paulo. 22/04/1999. Disponível em: . Acesso em: 11 abr. 2018.

GAMSON, W.; MODIGLIANI, A. Media discourse and public opinion on nuclear power: a constructionist approach. American Journal of Sociology. v. 95, n. 1, p. 1 – 37, 1989.

LIMA NETO, F. Cultural sociology in perspective: Linking culture and power. Current Sociology Review. v. 62, n. 6, p. 1-19, 2014.

LOBO, E. M. L. Imigração portuguesa no Brasil. São Paulo: Hucitec, 2001.

MATOZZI, M. Portugueses de torna-viagem: a representação da emigração na literatura portuguesa. 2016. 290 f. Tese (Doutorado em Patrimónios de Influência Portuguesa) - Instituto de Investigação Interdisciplinar, Universidade de Coimbra, Coimbra, 2016.

MENDES, J. S. R. Laços de sangue: privilégios e intolerância à imigração portuguesa no Brasil (1822-1945). São Paulo: Edusp; Fapesp, 2011.

MENDONÇA, R. F.; SIMÕES, P. G. Enquadramento: diferentes operacionalizações analíticas de um conceito. Revista Brasileira de Ciências Sociais, v. 27, n. 79, p. 187 - 235, 2012.

ORTIGÃO, R. As Farpas.Lisboa: David Corazzi, 1887. v. 11.

PINHEIRO, L. B. S. P. Francisco Gomes de Amorim e as primeiras abordagens literárias da Cabanagem. In: SOUZA, F. de et al. (Org.). Portugal e as migrações da Europa do Sul para a América do Sul. Porto: CEPESE, 2015. p. 418-434.

QUEIROZ, E. de. Uma campanha alegre. Lisboa: Companhia Nacional Editora, 1890. v. 1.

_________. Uma campanha alegre. Lisboa: Companhia Nacional Editora, 1891. v. 2.

RIBEIRO, M. A. Gente de todas as cores: imagens do Brasil na obra de Gomes de Amorim. Máthesis, n. 7, p. 117 – 164, 1998.

SCOTT, A. S. Os portugueses. São Paulo: Contexto, 2012.

SERRÃO, J. A emigração portuguesa: sondagem histórica. 4. ed. Lisboa: Livros Horizonte, 1984.

SILVA, M. B. N. da. Prefácio. In: MENDES, J. S. R. Laços de sangue: privilégios e intolerância à imigração portuguesa no Brasil (1822-1945). São Paulo: Edusp; Fapesp, 2011. p. 23-26.

SMALL, M.L.; HARDING; D. J.; LAMONT, M. “Reavaliando cultura e pobreza”. Sociologia & Antropologia, v. 1, n. 2., p. 91 – 118, 2011.

VILLAS BÔAS, M. X.; PADILLA, Beatriz. Rumo ao Sul: emigrantes portugueses no Sul do Brasil. População e Sociedade, v. 2, n. 14-15, p. 115-129, 2007.




DOI: https://doi.org/10.33148/CES2595-4091v.33n.220181764

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2019 Autor, concedendo à revista o direito de primeira publicação

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

ISSN:2595-4091

 

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.