As facetas de Clio por Oliveira Viana: análise crítica do seu discurso de posse no Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro (IHGB -1924)

  • Piero Detoni Universidade de São Paulo

Resumo

O discurso de posse de Oliveira Viana no IHGB serve de pretexto para investigarmos as transformações epistemológicas que afetam o conhecimento histórico nos anos 1920. Viana parece ter uma aguda consciência acerca dos desafios colocados aos espaços de trabalho do historiador. Este estudo evidencia quais as rupturas e quais as continuidades epistemológicas estão presentes neste discurso diante das pressões e das exigências contextuais. Acreditamos que a posição de Oliveira Viana seja demandada por parte significativa dos sócios do IHGB que pretendem superar a prática historiográfica até então operada na instituição. Esta peça discursiva é, além do mais, oportuna por proporcionar um novo olhar sobre as formas como Oliveira Viana, importante intérprete do Brasil, constrói as suas obras na referida ambiência.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Piero Detoni, Universidade de São Paulo

Doutorando em História Social na Universidade de São Paulo (USP). Licenciado, bacharel e mestre em História pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP). Bolsista CNPq.

Publicado
2020-12-28
Como Citar
Detoni, P. (2020). As facetas de Clio por Oliveira Viana: análise crítica do seu discurso de posse no Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro (IHGB -1924). Ciência & Trópico, 44(2). https://doi.org/10.33148/cetropicov44n2(2020)art7
Seção
ARTIGOS